Quer receber uma proposta, marcar uma reunião ou obter informações?
  • White Facebook Icon
  • White Pinterest Icon
  • White YouTube Icon
  • White Google+ Icon

©2016 por A-DESIGN

23.1.2019

23.1.2019

Please reload

Posts recentes

Oito motivos que vão provar o quanto é importante a sua empresa ter um site

2.15.2017

1/2
Please reload

Posts em destaque

Oito motivos que vão provar o quanto é importante a sua empresa ter um site

15.2.2017

|A-Design

 

Está indeciso se deve ter um site para o seu negócio? De seguida vai encontrar 8 motivos para ter um site para que o seu negócio tenha mais visibilidade. 

 

Para a grande maioria das pessoas, uma empresa que não é facilmente encontrada no Google, simplesmente não existe. Devido a um alto grau de influência da internet na vida das pessoas, não estar visível na rede é equivalente a estar fora da lista telefónica, se ainda vivêssemos nos anos 80. Algo completamente impensável naqueles dias.

Quer ter um site mas ainda está em dúvida se vale a pena?
Confira abaixo os motivos que vão provar porque ter um site é essencial para gerar resultados na sua empresa.

 

1. INCLUSÃO DIGITAL

Estar conectado à internet é uma necessidade para qualquer empresa que procura ampliar o seu mercado, consolidar a sua marca e optimizar as suas receitas.

A busca por novos clientes elevou a competição a um novo patamar, e os investimentos em marketing digital nunca foram tão necessários. Se por um lado a internet aumentou a concorrência, por outro, facilitou muito a aproximação de mercados.

Esta evolução do mercado precisa não apenas de ser aceite, mas de ser aproveitada! Ter um bom site passa ao consumidor a imagem de uma marca forte e de uma empresa sólida e confiável.

 

2. PUBLICIDADE DINÂMICA

Ao contrário da televisão, do jornal impresso ou da rádio, quando se anuncia na internet é possível receber contrapartidas imediatas do público-alvo, mas o que isso significa?

Significa que você terá acesso à opinião dos seus clientes em tempo real, e caso perceba que algo no seu site não está a andar como deveria, poderá fazer alterações na hora.

Você deve estar a perguntar: mas de que forma eu vou ter acesso os dados e avaliar se o meu site está a proporcionar uma boa experiência ao visitantes? Ficará a saber de seguida!

 

 

3. VARIEDADES MÉTRICAS

Se você gosta de gráficos, é um prato cheio. Caso não, podemos ajudá-lo.

A variedade de métricas disponíveis no marketing online é vasta e pode ajudá-lo a medir a eficiência do que é exibido dentro do seu site, tal como os conteúdos, o layout e a abordagem usada com os seus clientes. Deve observar o processo da criação do site, prezando sempre por páginas optimizadas para ter bons resultados nas métricas analisadas!

Existem muitas ferramentas que podem ajudá-lo a medir o desempenho do seu site, como por exemplo, o Google Analytics, que exibe informações de tráfego em tempo real, de onde vêm os visitantes (região geográfica), como os usuários chegaram ao seu site, como eles navegam e quanto tempo permaneceram dentro dele. Desta forma fica muito fácil entender o comportamento do seus visitantes, tomar decisões, melhorar a apresentação da sua empresa e consequentemente gerar resultados.

 

4. AMPLIAÇÕES DE HORIZONTES

Alguns mercados são fortemente atrelados á sua localização geográfica, por exemplo, uma empresa que presta serviço de transporte de passageiros e turismo, não tem interesse em anunciar para o público do Porto se ela estiver localizada em Mafra, ou será que tem?

E se um grupo de empresários do Porto tiver uma reunião na sua região e precisar se deslocar para cidades vizinhas?  Como estas pessoas fariam para encontrar o serviço de transporte de passageiros?

Estes potenciais clientes teriam duas opções: encomendariam uma lista telefônica da sua cidade pelo correio e procurariam por uma empresa, o que levaria alguns dias, ou poderiam utilizar a internet e comparar as principais empresas encontradas.

Você consegue imaginar quais seriam os critérios que estes clientes usariam para comparar as empresas encontradas? Se você pensou “Um site bem estruturado e no topo da lista de resultados do Google”, você acertou em cheio!

Apesar de não parecer tão evidente a importância de ter um site para um pequeno negócio, se pensarmos no contexto actual, veremos que ter uma página na web é um recurso poderoso na hora de gerar resultados.

 

5. ONLINE 24 HORAS POR DIA

A grande maioria das empresas funciona apenas num horário comercial, neste período as suas portas estão abertas, os seus vendedores estão disponíveis e sua montra está exposta.

Mas, e se os seus clientes não conseguirem se deslocar até à sua empresa durante o horário comercial, seja por causa do trabalho ou qualquer outro motivo?

Neste caso todo o seu esforço e dinheiro foram gastos em vão, porque os seus clientes não tiveram acesso à sua empresa.

Você poderia contratar alguns funcionários para o turno da noite e manter a sua empresa aberta por mais algumas horas, mas você sabe, isto implicaria muitos custos como encargos com pessoal, mais consumo de energia eléctrica, e risco à segurança, o que acha?

Não creio que seja uma boa ideia. Porém, há sim uma maneira de atender os seus clientes, exibir os seus produtos e divulgar a sua marca enquanto dorme, sabe qual é o segredo?

A melhor parte é que não há segredo! Para isso você só precisa ter um bom site e divulgá-lo da maneira certa – você pode aliar o site a uma campanha de Google Adwords e otimizar as suas exibições –  desta forma o site estará a atender os clientes, efetuar as vendas e divulgar a sua empresa, tudo isso a um custo muito baixo.

É melhor observar que os retornos de Google Adwords dependem muito para a página que você vai direccionar seus seus futuros clientes. O ideal é direccionar para alguma página específica (como landing pages), com algum material ou informações que valham a pena o clique.

 

6. FORTALECIMENTO DA MARCA

A solidez de uma marca é muito importante para passar credibilidade ao consumidor no momento da tomada de decisão.

Uma marca conhecida é capaz de inspirar a confiança necessária para que, na hora de gastar o seu dinheiro, o cliente escolha com assertividade a sua empresa.

Construir uma marca de valor pode levar muito tempo e demandar um grande esforço, porém a internet pode encurtar um pouco este caminho.

Para isso, o seu site deve ser funcional, ter um carregamento rápido e ser útil ao usuário, ou seja, navegar pelo seu site deve proporcionar uma experiência a repetir. Todo esse conjunto transmitirá a ideia de confiabilidade aos clientes e fortalecerá ainda mais a sua marca. Se a sua página não atender a essas configurações, pense em renovar o seu site!

 

7. MARKETING DE CONTEÚDO

Esta é a cereja do bolo. Criar conteúdo é crucial para as empresas que querem ser referência no que fazem, captar novos clientes e gerar resultados através da internet.

O Marketing de Conteúdo é uma forma de captar a atenção do seu público-alvo, oferecendo materiais educativos e com potencial de estreitar a relação entre a sua empresa e as pessoas. Como funciona? Ao definir sua posição está a definir também quais os problemas que a afectam, pelo que ela se interessa e como você pode ajudar, ou seja, entender o seu cliente.

Dessa forma, você cria um conteúdo útil e atrativo que o eduque e que também vá de encontro às suas necessidades por materiais com informações relevantes sobre o que o cliente procurava, mostrando que seu cliente pode confiar em você.

Você pode criar conteúdo mais denso na forma de materiais educativos (e-books, whitepapers, webinars, vídeos, planilhas etc) e oferecer em troca do e-mail do seu potencial cliente. Pode também oferecer um campo para que ele assine uma newsletter no seu site, recebendo todas as informações que quiser enviar.

Se o cliente subscreveu voluntariamente o seu e-mail e gosta dos seus conteúdos, as hipóteses de ele gostar dos seus produtos é muito maior do que se você ficar “batendo de porta em porta” e oferecendo os seus produtos em vão.

Mas trataremos disso no próximo tópico…

 

8. GERAÇÃO DE LEADS

Antes de mais nada, o que são leads? Lead são pessoas ou organizações interessadas nas soluções, serviços ou produtos que a sua empresa oferece, desmonstrando real interesse na compra. Ou seja, lead é um contacto com potencial cliente.

Ter um site bem estruturado é essencial para quem quer gerar leads. O processo é simples: as pessoas encontram no seu site, interessam-se pelo conteúdo que você oferece e subscrevem a sua newsletter para receber mais informações.

De posse desse lead, a próxima etapa é qualifica-lo até que ele esteja pronto para a compra. Você poderá ajudá-lo a passar pelos estágios do funil de compra genérico: descoberta, aprendizado, interesse, consideração, avaliação e compra. 

 

Agora que você leu e viu que um site é muito mais do que uma página com o nome da sua empresa, está convencido do poder de ter um site? Se bem trabalhado, o site torna-se uma ferramenta poder osa para sua máquina de vendas.

 

Nós podemos ajudá-lo a criar um site perfeito para vender mais em 2017.

VISITE O NOSSO SITE (CLIQUE AQUI)

 

(Artigo escrito por Gabriela Zanella)

 

Please reload

Siga